terça-feira, 3 de setembro de 2013

Resenha #4: Heresia

             Fuçando nos meus livros hoje, achei esse aqui, que li já faz um bom tempo, mas é tão bom, mas tão bom, que resolvi dar uma folhada para relembrar certas coisas dele, e fazer uma resenha aqui, já que ele não é assim tão reconhecido.

            Heresia, romance da autora Stephanie Merritt, que usa o pseudônimo S.J. Parris para assinar seus livros, é o primeiro livro da série Giordano Bruno, que conta com mais 3 livros, apenas dois publicados no Brasil, pela editora Arqueiro.


            Ambientado na Europa do século XVI, o livro conta a história de Giordano Bruno, acusado de Heresia por ter uma mente demasiado aberta para aquele tempo, já que foi pego lendo um livro proibido pela Igreja (Comentários, de Erasmo), acreditava no Universo heliocêntrico (fato abominado pela Igreja ainda naquele tempo), além de ser um grande cientista e adepto da “magia negra”.  Assim, perseguido pela Inquisição, ele foge de Nápoles para viver precariamente na clandestinidade, sobrevivendo com o dinheiro que ganhava dando aulas. Foi fazendo sua fama de filósofo adepto das teorias de heliocêntricas, até que se tornou confidente de reis e nobres na corte francesa, e foi convocado à Londres para participar de uma investigação.
            Uma possível traição contra a Rainha Elizabeth está acontecendo em Oxford, onde ele é “convidado” a debater sobre as teorias de Copérnico, e assim, fixa estadia por alguns dias na universidade, com o objetivo secreto de descobrir o traidor da coroa. Porém, assassinatos mudam todo o percurso, e ele se vê numa trama de vingança, mortes, e mistério, envolvendo uma religião desconhecida, e a rixa entre católicos e protestantes.

O livro nos mostra que, mesmo perto da era moderna, o homem ainda era preso à religião, ignorando a razão, porém as mentes pensantes estão acordando do seu sono religioso, começando a provocar a Igreja e os pensamentos do povo. As Igrejas, vendo tal fato acontecer, incitam o medo à população para que os mesmos fiquem na ignorância.

Um livro que, particularmente, achei muitíssimo interessante. A autora conseguiu ambientar a história em uma época distante com maestria, viajamos no tempo e conseguimos imaginar todo o ambiente com as descrições da autora. Assim como a história cativante, com mistério, enigmas e ação misturados aos fatos históricos e reais, o personagem Giordano Bruno também é tão cativante quanto. Suas teorias, baseadas em teorias reais sobre o heliocentrismo, as ideias filosóficas ligadas a suas atitudes e ensinamentos, tudo nos prende ao livro a tal ponto que não conseguimos largá-lo.

É um romance investigativo muito gostoso de ler, que, com uma linguagem clara e concisa, nos mostra os “podres” do protestantismo e catolicismo. Depois de ler esse livro me senti na obrigação de pesquisar mais sobre a Inquisição, as religiões do mundo e suas tramas internas, e, se você o ler, provavelmente vai acontecer a mesma coisa. 


3º livro da série, Sacrilege, ainda não lançado no Brasil.
2º livro da série, Profecia, ed. Arqueiro.



      
4º livro da série, Treachery, ainda não lançado no Brasil.
Compre na Saraiva, por R$ 29,90, na Cultura, por R$ 29,90, na Estante Virtual, por R$ 12,00 (usado).

3 comentários:

  1. Muito boa a resenha. Da uma excelente visão sobre o livro facilitando a escolha do leitor.

    ResponderExcluir
  2. Oi Luana, cheguei aqui pelo grupo do face "blogueiros literários". Não conheço a autora, mas a sinopse e a resenha me lembraram dos livros de Bernard Cornwell com um pouco de Dan Brown, o contexto histórico, o suspense e como sempre, a Igreja. Estou nas primeiras páginas e até aqui tem sido ótimo.

    Abraços, DuLapa
    Blog DuLapa - www.dulapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi DuLapa! Tudo bem? Pois é, vi a mensagem que você deixou, já respondida. Nunca li Bernard Cornwell, agora, não tinha pensado sobre Dan Brown, e temo descordar um pouco de você nesse caso. É um livro ótimo! Não esqueça de me contar o que achou quando acabar.

      Beijos!

      Excluir

Oi! Gostou do post? Não gostou? Deixe seu comentário aqui! :D