terça-feira, 28 de janeiro de 2014

Resenha #26: Ligue os pontos, poemas de amor e big bang



A maioria conhece o Gregorio Duvivier como o comediante de Porta dos Fundos, mas, além de namorado da Clarice Falcão, Gregório é formado em letras pela PUC-Rio e já escreveu dois livros, o A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora, publicado pela editora 7Letras, e Ligue os Pontos, poemas de amor e big bang, o qual eu li, amei e vou falar um pouquinho aqui.



Ligue os Pontos é um livro de poemas que refletem a cidade, no caso o Rio de Janeiro, o amor, o cotidiano, os aspectos mais simples da vida transformados em poesia. O livro é dividido em duas partes, na primeira, Cartografia Afetiva, vemos uma ode ao Rio de Janeiro, às pessoas simples dos bairros, os próprios bairros, a vida cotidiana de um carioca. Na segunda parte, Aprender a Gostar Muito, como o próprio nome diz, fala sobre o amor, a vida, os objetivos, algo mais pessoal, relacionado aos sentimentos.



Não dá pra não falar do humor que o Gregorio aborda em praticamente todos os poemas, ele está entranhado em cada linha, e em cada entrelinha, no título, no decorrer do texto, no duplo sentido. Não tenho muito conhecimento no ramo de poemas e poesias, portanto não sei fazer uma resenha crítica sobre o livro, mas sei que gostei, não esperava tanto de Gregorio, mas o subestimei, ele consegue sim ser um grande poeta.





E não posso deixar de fora que ele também tem uma coluna semanal na Folha de S. Paulo.
Outra coisa muito, mas muito importante: o livro brilha no escuro! Sério! Estava eu deitada na minha cama, tenho mania de dormir com um monte de livros ao redor(!), e de repente, vi uma “luz”, uma coisa clara, brilhando, e fiquei “wtf?!?”, fui ver, era o livro! As linhas da capa brilham no escuro. Portanto, se você tiver o livro, ou comprar o livro, apague a luz. Eu nunca encontrei um livro que brilhasse no escuro, estou feliz agora. Rá!

8 comentários:

  1. Bem, eu não sabia desse lado escritor dele.
    Amei o livro. Eu com certeza o leria.

    Minhas Impressões

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Maria! Achei ele por outra resenha, e adorei! É muito bom!

      Excluir
  2. Respostas
    1. Ele é muito legal, e o mais legal da capa é que brilha no escuro, né! haha

      Excluir
  3. Caraca Lu,
    Achei que esse livro falava sobre artes e por isso nem dei muita bola. Eu tinha amado a capa, mas como vi pela internet, fiquei com um pouco de preguiça de olhar a sinopse.
    Fiquei encantada com a ideia do livro e você me convenceu de que preciso dele na minha estante! hahahahaha

    Adorei saber da novidade, obrigadaaa! :)
    Beeeijos, Helen.

    http://cloudsandfantasy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Helen! Pois é, não dei muito valor pra ele, mas quando descobri que era poesia... fiquei alvoroçada hahahaha Tenha ele, e me diga o que achou!
      Beijos!

      Excluir
  4. Que demais,quero muito ler. Vou ter um livro que brilha no escuro *-* (criança feliz)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Siiiim! Eu também fiquei super animada quando descobri! hahaha

      Excluir

Oi! Gostou do post? Não gostou? Deixe seu comentário aqui! :D