segunda-feira, 7 de março de 2016

O que é a felicidade?


Felicidade é estar realmente presente: enxergando, sentindo, ouvindo o mundo ao nosso redor. É quando todas as moléculas do nosso ser se abstraem da tensão cotidiana. É quando o cérebro para de pensar e passa a apenas observar, a mente se acalma e a alma fala. São momentos em que nosso coração acelera, o ar entra no pulmão e purifica nossa alma. O sentimento de paz toma conta do nosso corpo e os olhos lacrimejam. A vontade de sorrir assoma nossos lábios e tudo parece certo, perfeito, em sincronia. Olhamos ao nosso redor e vemos as coisas com um véu de luz que faz as cores ficarem vivas e vibrantes, os pelos dos braços se arrepiam com a emoção de se sentir, finalmente, vivo. 


  Hoje pela manhã fui levar minha mãe para um curso numa cidade próxima a minha, e voltando sozinha, me deparei com um momento incrível. Simples, mas incrível. Foi um momento de felicidade completa, veio do nada, quando eu vi, estava ali, no meu coração, inundado por uma paz estonteante. Eu estava dirigindo, ouvindo (pasmem) Where Are Ü Now do Justin Bieber (!!!), o sol da manhã estava baixinho no céu refletindo todo aquele verde ao meu redor. Não tinha mais nenhum carro na estrada, nem na minha frente, atrás ou na direção contrária: eu tinha todo aquele aslfato pra mim. Aquela luz tão bonita, aquele sentimento de liberdade, me fez sentir tão... ali. Eu estava completamente presente naquele momento, não pensava em mais nada, não sentia mais nada, apenas aquela paz imensa invadindo meu corpo. E foi aí, e só aí, que eu percebi que a felicidade é um momento. Um momento ínfimo, curtíssimo, mas perfeito. 
   Não que eu nunca tenha sentido isso antes, eu só nunca tinha percebido o quanto são raros, e o quanto são preciosos. Me fez perceber que eu tenho que prestar mais atenção à esses momentos, são eles que nos fazem seguir em frente, buscar nossos objetivos, por que no final de todo objetivo alcançado, um momento desses nos espera. E quando esquecemos que ele existe, todo o sentido de sonhar e realizar se perde no caminho. 
    Obrigada mãe, por me fazer acordar cedo pra te levar. Eu precisava redescobrir esse momento na minha vida. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Oi! Gostou do post? Não gostou? Deixe seu comentário aqui! :D